Super User

Super User

APROVADOS NO VESTIBULAR AGENDADO

Sexta, 20 Novembro 2015 17:51

APROVADOS DO PROCESSO SELETIVO 2015/2

Prova do vestibular Agendado do dia 12 de novembro de 2015

 

CURSO DE FILOSOFIA:

 

1º - Maycon Alves Bezerra

2º - João Carlos Ferreira de Souza

 

CURSO DE TEOLOGIA:

 

1º - Ruy Gomes Apoliano

VI JORNADA DE FILOSOFIA E TEOLOGIA 2015.

Quarta, 04 Novembro 2015 11:03

Começa hoje a nossa Jornada.

Reflexão “Lautato si”

Terça, 27 Outubro 2015 09:27

Jildemar Teodoro Araújo[1]

 O Papa Francisco na encíclica “Laudato si’, mi Signore – Louvado sejas, meu Senhor” convida todas as pessoas cristãs e não cristãs para assumir uma realidade da qual todos nós fazemos parte: a natureza como ponto central na vida de cada um de nós. Pois, é dela que se retira os recursos necessários responsáveis pela sobrevivência do ser humano, tais como: ar, água, comida, etc.

            É perceptível que em sua carta há uma dimensão teológica:  recuperar o mistério da criação apresentando o Deus criador. Essa correlação que o Papa faz da natureza está unido as atitudes e ações de São Francisco de Assis que nos chama a atenção para o zelo e o cuidado da natureza. Desse modo, o Papa Francisco enfatiza muito bem sobre o cuidado da casa comum.

Esta casa comum é a revelação da criação de Deus que está sendo definhada, devido os abusos que o ser humano vem cometendo. A busca da exploração dos recursos minerais, encontra-se intrinsicamente no projeto pessoal. A obtenção do poder. Esse mesmo poder está causado grandes problemas na vida cotidiana da sociedade e das pessoas que vivem na zona rural e algumas tribos indígenas. A procura de extrair o máximo que a natureza pode oferecer está causando uma multiplicidade de catástrofes climáticas: Furacões, Tornados, Sismos, Cheias, Secas, Erupções Vulcânicas, Tsunamis, entre outros.

            O Papa explica que se não tivermos a consciência de cuidar da biodiversidade nós iremos destruir o planeta por nossas atitudes. Essa mesma, está associada a técnica que faz “a natureza gemer dores de parto”. Por conseguinte, a falta de uma boa aplicabilidade na retirada dos recursos que a natureza pode oferecer traz um déficit no meio ambiente.

O capitalismo na condição de uma potência mundial, não se importa com as consequências que pode afetar a natureza. O mais importante é fornecer ao ser humano tecnologias descartáveis e liquidas, passageiras das quais o seu rendimento de uso não corresponde mais que seis meses.

A impregnação advinda desta potência faz o ser humano consumista com fins de obter o lucro pela instrumentalização das empresas, originando cada vez mais a desigualdade social. Desse maneira, o ser humano vai perdendo a noção de sua consciência, pois a exterioridade fala mais alto.

Portanto, o ser humano deve ter consciência que a natureza é algo integral à sua vida. Por isso, deve ser respeitada, zelada para que outras gerações possam também vislumbrar esta maravilha que Deus nos deixou. Pois, a natureza tem como objetivo contribuir para a sobrevivência do ser humano cada vez mais. Mas, o que vem ocorrendo na natureza é bem diferente. Um local de depósito de lixo.



[1] Professor de Filosofia e graduando em Teologia pela Faculdade de Filosofia e Teologia de Goiás- IFITEG.

 

Dia dos Professores!!!

Quarta, 14 Outubro 2015 12:59

Obrigado por fazerem do aprendizado não um trabalho, mas um contentamento. Por fazerem com que nos sentíssemos pessoas de valor. Por nos ajudarem a descobrir o que fazer de melhor e, assim, fazê-lo cada vez melhor.  Obrigado por afastarem o medo das coisas que pudéssemos não compreender, levando-nos, por fim, a compreendê-las… Por resolverem o que achávamos complicados… Por serem pessoas dignas de nossa total confiança e a quem podemos recorrer quando a vida se mostrar difícil… Obrigado por nos convencerem de que éramos melhores do que suspeitávamos.  Feliz Dia dos Professores!

Pagina 8 de 13

Sétima Avenida Quadra 48, 531, Setor Leste Universitário - Goiânia - Goiás, 74603-030 

 

Tel:(62) 3218-3280 /  3920-1880

Localização